3 de outubro de 2015

Receita de pão borodinsky

Aqui vai a receita do pão borodinsky. Ela não é muito fácil, somente para quem tem paciência e muita vontade de fazer borodinsky em casa ;-)

(fonte da foto)
O primeiro passo é preparar a massa lêveda que vai ser usada em vez de fermento. Esse processo dura alguns dias e foi descrito aqui. Pode usar fermento em vez disso? Não. Pão borodinsky vai sem fermento mesmo.

Se você vai fazer o seu pão uma vez só, pegue mais ou menos 240-250 g de massa lêveda do seu pote e o resto pode jogar fora.

Se você quer fazer mais pães no futuro, pegue uns 100 g da sua massa lêveda, misture a com 85 g de farinha de centeio e 50 g de água. Cobre com um pano e deixe 4 horas ou durante a noite fora da geladeira. O resto da massa lêveda que foi feita antes você pode guardar depois de adicionar um pouco de farinha e água.

Segundo passo em russo se chama zavarka (заварка), em inglês e francês é choux. Não conheço essa palavra em português, infelizmente.

Você vai precisar:

130 g de farinha de centeio
42 g de malte vermelho (fermentado)
2 colheres (chá) de sementes de coentro moídos
430 g de água

Misture o malte, a farinha e os sementes de coentro. Adicione os 430 g de água fervendo e deixe em lugar quente por 1.5 ou 2 horas (feche com papel aluminio e cobre com algo quente, tipo cobertor. Depois deixe esfriar até 30 ou 40 graus.

No terceiro passo nós vamos juntar tudo o que fizemos até agora e adicionar outros ingredientes para fazer massa.

Você vai precisar:

a massa lêveda
a zavarka ou choux
375 g de farinha de centeio
115 g de farinha de trigo (se for possível, integral)
10 g de sal
30 g de maltodextrina
40 g de açúcar
105 de água
sementes de coentro

Misture todos os ingredientes, exceito os sementes de coentro. Pode ser no liquidificador. Coloque a massa num prato ou numa panela untada com óleo, feche com plastico e deixe num lugar quente (o melhor é 30 graus) por duas horas.

A massa vai crescer e dobrar o seu tamanho. Coloque-a numa forma untada com manteiga. Use uma colher ou espatula molhada para fazer a cima lisa e bonita. Coloque os sementes de coentro. Feche com plástico de novo e espere mais duas horas. Como alternativa, pode deixar a forma no microondas desligado (assim não precisa usar o plástico).

Agora finalmente o pão está pronto para cozinhar! Passa um pouco de água por cima dele e coloque-o no forno preaquecido até 210 graus. Diminue até 200 graus. Cozinhe mais ou menos 65 ou 70 minutos.

Essa receita eu aprendi desse artigo escrito por Katerina Andreyeva que mora nos EUA e estava com saudades da comida russa :-) Agradeço o esforço dela e espero que vai dar certo a receita!

Se todo o processo de fazer o pão borodinsky te parece difícil demais (dá para entender por quê!), veja essa opção.

8 comentários:

  1. Olá, Natalia. :) Uau, parece ser difícil mesmo. Mas estou mais preocupado em encontrar alguns ingredientes. Talvez tenha no Rio.
    Bom, muito obrigado por enviar a receita, gostei muito.
    Tenha uma excelente semana. Abraços do interior do Rio de Janeiro. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, meu irmão!

      Tudo em paz? Muito quente aí no Rio? rs

      A smetana deu certo com o creme de leite de que te falei? Infelizmente, a nossa última não deu muito certo. Ficou tudo amargo e tivemos de jogar fora. Foi uma pena, porque comemos borshch sem ela desta vez...

      Abraços de uma quente e ensolarada Curitiba!

      Excluir
    2. Olá, Kleber! :) Tudo na paz, e você? Não, aqui a temperatura está ótima. :) Imagino que m Curitiba também esteja.
      Eu não consegui fazer ainda as últimas semanas tem sido muito agitadas. Quando fizer eu falo o resultado aqui. :)
      ah, que pena. Eu fiz borsch 2 vezes (sem smetana) e ficou ótimo. :) Eu adoro.
      Tenha uma excelente semana! Abraços do interior Fluminense.

      Excluir
    3. Olá, Victor! Você desejou uma excelente semana e olha, aconteceu uma maravilha aqui :-D Tinhamos alguns dias de sol com +15 ou até +17 graus ))) Uma boa semana para você e para o Kleber também!

      Excluir
  2. Привет, Наталия, как дела?

    Vou imitar o Luciano e tentar fazer eu mesmo esta receita. Se der certo, depois dou um jeito de mandar umas fotos para vocês verem como ficou. : )
    Também agradecemos por postá-la aqui.

    До свидания.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Privet! Хорошо, а у тебя? Vai ser legal ver as fotos :-)

      Excluir
  3. Natalia, eu li a receita do pão borodinsky e me lembrou de um pão que eu aprendi a fazer aqui na região onde vivo em Brasil e ele se chama pão de cristo (não leva fermento) e sobre meu ponto de vista o que diferencia o pão borodinsky do pão de cristo são os ingredientes, mais o processo de se fazer o pão borodinsky ou o pão de cristo é muito,parecido, eu não teria muita dificuldade executa-lo a não ser pelo malte fermentado e a maltodextrina que já escutei falar, mais ainda não chegou na regional onde vivo, vou guardar esta receitinha como oro em pó e quem sabe um dia a execute, Se você quiser te mando a receitinha do pao de cristo que eu tenho, eu já fiz com a farinha branca e com a farinha integral e me deu excelentes resultados
    Muito Obrigada
    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante, esse pão cristo. Se puder mandar a receita, eu agradeço. Eu tenho um blog da comida brasileira em russo (bem pequeno por enquanto) e vou publicar lá com link do seu blog.

      Que pena que no momento não tenho muitas condições para fazer pão caseiro por causa do meu estilo de vida (muito nomade). Mas logo logo acredito que vou poder experimentar tudo :-)

      Obrigada, Charito!

      Excluir

Se você quer deixar um comentário, por favor comente sobre o assunto do artigo. Obrigada!